Novos conceitos de educação, como o "Flipped Class Room" ou sala de aula invertida e colaboração, associados aos hábitos e desejos de usuários de diferentes gerações trazem grandes desafios aos profissionais da indústria audiovisual.

Carlos Dalmarco *

A experiência do usuário é um capítulo do livro Marketing de 4,0 escrito pelo autor respeitado Philip Kotler em 2017 eo conceito principal em mudar o nome InfoComm para Avixa- Audiovisual e Associação Integrada Experience, por isso é uma questão importante também para indústria audiovisual.

- Publicidade -

Antes de abordar a experiência do usuário no ambiente educacional, devemos entender o papel da tecnologia AV neste mercado e em muitos outros em que atuamos, que é o facilitador da comunicação. A tecnologia que oferecemos, por mais sofisticada que seja, sempre tem esse objetivo: fornecer recursos para ajudar na comunicação entre as pessoas em suas diversas atividades, do lazer ao trabalho e através da educação.

Outra definição importante é identificar os usuários e, a partir daí, entender suas expectativas no uso da tecnologia. Voltando ao mercado educacional e à sala de aula, temos dois usuários importantes: alunos e professores. Também devemos considerar os outros "interessados", como as pessoas responsáveis ​​por apoiar os sistemas de AV e também os acionistas que estão investindo nesses recursos. Todos têm expectativas em relação aos sistemas AV e nem sempre são os mesmos.

Para os conceitos de marketing, podemos classificar os usuários em grandes grupos 3, de acordo com o ano de nascimento. Essa classificação não é precisa, uma vez que o comportamento de consumo desses grupos muda durante alguns anos entre as datas de referência.

• Geração X, nascida da 1960 até o final da década 70, atualmente com idades entre 38 e 59 anos. Eles são os "migrantes digitais".
• Geração Y ou Millennials, nascidas da 1980 até meados da 90, então hoje elas vão com idades entre 23 e 39 anos. É a geração da Internet.
• Geração Z ou GenZ, nascida de metade do 90 para 2010. Eles são os "Nativos Digitais" e agora eles estão entre 8 e 24 anos

Estudos futuros grupos Millennials Fundação Estudo, SDL Millennials Study, Mellennial e MindMiners mostrar algumas características interessantes destes grupos: 90% dos Millennials são redes sociais e verificar seus telefones inteligentes em tempos médios 43 por dia. A geração do milênio acredita que ter um smartphone é tão importante quanto ter um plano de saúde.

Outro tópico interessante é que os Millennials têm um conceito diferente da palavra "conhecer" e entendem que isso significa o mesmo que ter acesso à informação, eles aprendem com os dedos. Esse conceito é muito importante quando pensamos em tecnologia BYOD e AV na sala de aula.

Novos conceitos de educação, como o "Flipped Class Room" ou sala de aula invertida e colaboração, associados aos hábitos e desejos de usuários de diferentes gerações trazem grandes desafios aos profissionais da indústria audiovisual. Vamos ver o cenário: alunos em uma sala trabalhando em grupos, cada um com seu dispositivo BYOD, cada grupo com sua tela, possivelmente conectado com alguém ou outro grupo remoto. Tudo isso coordenado por um professor que deve ver o conteúdo de todos os grupos e gerenciar a troca de informações (imagens e áudio) e a colaboração entre os diferentes grupos, incluindo aqueles que estão conectados remotamente. Você viu o problema? Se fosse geração Y ou Z, eu fecharia este parágrafo com um emoji 😱.

Outro cenário: os smartphones conectados à internet transformaram os consumidores de conteúdo em produtores de conteúdo e isso também deve estar no radar das instituições educacionais. Alunos, professores, escolas e terceiros produzem materiais multimídia que devem ser gerenciados e compartilhados, muitas vezes ao vivo. Este é um novo desafio e também uma oportunidade para profissionais de AV.

Tenha em mente que os alunos, predominantemente as gerações Y e Z, vivem com esses recursos multimídia em suas vidas diárias e esperam que tudo isso simplesmente funcione, sempre e sem problemas.

Os professores, por sua vez, concentram-se no ensino e no conteúdo que devem transmitir aos seus alunos. Eles consideram a tecnologia como um recurso de apoio e não como um desafio extra para suas atividades, eles precisam ser fáceis de usar e confiáveis.

As pessoas da equipe de suporte devem garantir que tudo funcione, fornecendo a máxima disponibilidade possível de sistemas antivírus, com taxas acima de 90% pelos padrões de TI. Qual é o impacto quando uma classe de minutos 50 é interrompida por meia hora para o projetor funcionar? Pense nisso ...

Não podemos esquecer os acionistas, que investem em tecnologia para atrair e manter seu público-alvo: o aluno. Gerar uma boa experiência na sala de aula e no campus é o resultado esperado para garantir a rentabilidade do seu investimento.

A boa notícia é que hoje temos os recursos para atender às expectativas dos usuários do setor de educação e de muitos outros setores da economia. A distribuição de áudio e vídeo sobre IP definitivamente coloca todos os recursos na rede, local e na internet, permitindo elevar o conceito de distribuição de conteúdo a um novo nível.

O software de armazenamento e comunicação e colaboração na nuvem permite que as instituições incorporem esses recursos com um investimento substancialmente menor do que o necessário há pouco tempo.

Em termos de hardware, temos produtos cada vez mais "conectados" e "amigáveis", o que permite sistemas intuitivos, confiáveis ​​e fáceis de usar. A possibilidade de suporte remoto reduz custos e aumenta a disponibilidade de sistemas.

Proporcionar uma boa experiência aos usuários em sala de aula é um desafio muito importante. Basicamente, estamos usando o mesmo método de transmissão de conhecimento há centenas de anos: quadro negro e giz. No entanto, a internet mudou nossa relação com o conhecimento, os smartphones começaram a "fazer parte" do nosso corpo e nos permitem uma conexão direta com uma quantidade inimaginável de informações.

As novas gerações nasceram conectadas e exigem uma experiência de ensino alinhada com sua realidade e expectativas. Atenção: isso não é opcional para instituições educacionais.

* Carlos Dalmarco é consultor em tecnologia AVI & Business. Você pode contatá-lo em cdalmarco@cdconsult.net e + 55 (11) 9 7286-8442.

Richard Santa, RAVT
Autor: Richard Santa, RAVT
editor
Jornalista da Universidade de Antioquia (2010), com experiência em tecnologia e economia. Editor das revistas TVyVideo + Radio e AVI Latin America. Coordenadora Acadêmica da TecnoTelevisión & Radio.

OUTRAS NOTÍCIAS

article thumbnailPesquisa salão O Versa-4K é a nova adição à linha de produtos Hall Research AV-to-IP, que amplia e altera vários ...
article thumbnailElação O Proteus Maximus da 50.000 lumens é uma luminária multi-uso que permite o uso flexível como perfil, feixe ou luz de lavagem, e ...
article thumbnailAudio-Technica Os microfones de headband BP892x, BP893x e BP894x MicroSet são as novas versões atualizadas do BP892, BP893 e ...
article thumbnailKlipsch O Three é um sistema de som de design clássico com conectividade moderna via Wi-Fi, Bluetooth, USB e agora com o Assistente ...
article thumbnailTema: Espaços eficientes: ecossistema da sala de gerenciamento e recursos de salas de reunião com Sistemas de sinalização / TouchONE. Por: José Fernando Castañeda, engenheiro ...
article thumbnailNas duas edições anteriores, falamos sobre os diferentes elementos ou cápsulas dos microfones, onde detalhamos o condensador e os ...
article thumbnailÉ uma realidade que, em um curto período de tempo, a tecnologia móvel mudou a maneira pela qual o mundo se move. Não há dúvida, o ...
article thumbnailOs sistemas de conferência facilitam a discussão de questões fundamentais para o planeta. Didiê Cunha *
article thumbnailUma das características da indústria audiovisual é a sua diversidade e a possibilidade de impactar múltiplos setores com suas soluções. É por isso que ...
article thumbnailAmérica Latina. Embora os últimos anos na América Latina a situação econômica e política tenha afetado em diferentes países, a região ...
PATROCINADORES